TERESA DE SOUSA ESTÁ ENGANADA, A EUROPA FERVE, “NÃO GELA”

Ao contrário do que Teresa de Sousa hoje escreve no Público, onde afirma que a Europa “gela” com as perspectivas que se vão alargando e consolidando cada vez mais para Marine le Pen e a sua Frente Nacional, a Europa há muito que está é a ferver.

E ferve desde que a contradição central – e mortal – entre as prometidas perspectivas de convergência económica, de equilíbrio financeiro e de solidariedade social foram ignoradas e desmentidas durante toda uma década, em que o que os europeus viram foi aumentar a divergência económica, o descontrolo financeiro e o desaparecimento de todos os tipos de solidariedade. E assim continua, entregue aos “fait-divers” mais pueris.

Ela ferve, por isso, como a rã da fábula, iludida num conforto que – tudo o sugere – só acabará no preciso momento…em que estoirar! E o mais provável é que assim continue, com a plácida cumplicidade de jornalistas, comentadores e políticos que, cegos ou desnorteados pelo ardiloso labirinto de Bruxelas, apenas se têm revelado especialistas neste tão singular sistema de ilusão pelo aquecimento.

E a maior das ilusões é a de se pensar que a França está apenas a dar forma a uma excepção, quando na realidade ela está a abrir caminho a uma nova regra.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *